'>

Novidades

1 2 3 4

10 de abril de 2015

Exorcismo

Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo. A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo.


No cristianismo, exorcismo (do grego exorkismós, "ato de fazer jurar", pelo latim exorcismu) é a cerimônia que visa esconjurar os espíritos maus, forçando-os a deixar os corpos possessos ou dominar sua influência sobre pessoas, objetos, situações ou lugares. Quando objetiva a expulsão de demônios, chama-se Exorcismo Solene e deve fazer-se de acordo com fórmulas consagradas, que incluem aspersão de água benta, imposição das mãos, conjurações, sinais da cruz, recitação de orações, salmos, cânticos, etc. Além disso, o ritual católico do exorcismo pode ser executado por sacerdotes somente quando são expressamente autorizados por bispos.



O Ritual de Exorcismo

Você mesmo pode se exorcizar ou mesmo ser exorcizado a distância, conforme escrevi na matéria 
5 Técnicas Diferentes de Exorcismos.

Se desejar, pode recorrer a sua religião para ser exorcizado. Dependendo dela, pode ser algo muito rápido de ser feito ou algo extremamente burocrático, como ocorre com a igreja Católica.

Igreja Católica: Conseguir que um exorcismo seja feito Igreja Católica é extremamente complicado. Hoje, eles fazer de tudo antes de efetuar um exorcismo. O possuído tem de apresentar os sintomas que escrevi acima, enviar o caso para o Bispo, que vai investigar a fundo antes de aprovar o exorcismo. Uma vez aprovado, os padres fazem uso do livro guia: O Ritual Romano (faça o download dele aqui ou compre um exemplar físico neste link), um livro litúrgico que contém todos os rituais normalmente administrados por um padre, incluindo o único  ritual formal para exorcismo sancionado pela Igreja Católica Romana até finais do século XX.

Resumidamente, o exorcismo católico é como o mostrado no filme O Exorcista. deve ocorrer em local reservado, longe da multidão. Usa-se água benta, que é jogada sobre o possuído. Durante o ritual, o padre recita um ou mais salmos que exaltam a vitória de Cristo sobre o maligno e proclama o evangelho. O exorcista também utiliza de uma cruz que é mostrada frequentemente para o endemoniado. O padre força a saída do demônio do corpo com algumas frases. Por fim, quando tudo acaba, conclui-se o rito com canto de ação de graças, orações e benção.

Igrejas Evangélicas: Hoje existem milhares de igrejas evangélicas, cada um com sua interpretação da bíblia. Mas no geral, basta o endemoniado ir no culto que o pastor resolve o problema "Em Nome de Jesus"
. Na Universal do Reino de Deus, existe até o dia do descarrego, que é transmitido por rádio e TV.


O Exorcismo em Outras Religiões

Vocês reparam que foquei o ritual de exorcismo no catolicismo e nas igrejas Evangélicas. Mas saiba que demônios não são exclusivos dessas religiões. Abaixo trago de forma bem resumida como é o exorcismo em outras religiões:

Espiritismo: Os espíritas acreditam que as pessoas podem ser atormentadas por espíritos de pessoas já falecidas. Quando uma delas pede ajuda, pode receber um passe de um dirigente. A vítima volta para a casa e os médiuns recebem no centro o espírito que a está afligindo. Com a ajuda de espíritos bons, eles conversam com o maligno e tentam convencê-lo a ir embora, para o caminho da luz.

Umbanda: Segundo a Umbanda e outras religiões Afro-Brasileiras, a possessão ocorre por Eguns ou espíritos desencaminhados. Quando ouvimos dizer que Exus, Caboclos e outras coisas possuíram um corpo, na realidade ouve apenas a montagem no cavalo ou baixou o Santo. A possessão da maneira como conhecemos é executada unicamente por Eguns.

O Egun é um espírito perdido e sem corpo, ele ainda não pode receber atribuições de Santos, os quais são controlados por falanges e por fim todos são controlados por Oxalá. Quando um Egun incorpora, ele pode se tornar raivoso e perigoso, como não são atribuídos a nenhuma falange de espíritos (Oguns, Caboclos, Pretos, Exus, etc) eles são considerados espíritos fracos e de fácil controle.

Os Eguns são expulsos do corpo da pessoa pelos médiuns incorporados por santos mais evoluídos, os quais com força de sua voz e muitas vezes força física eles expulsam o Egun e segundo o ritual, eles trancam o espírito para que ele não possa mais voltar a incorporar.

A idéia de que os Exus são os demônios e que eles é que infernizam a pessoa, segundo a Umbanda é errada. Os exus são como porteiros, eles permitem a comunicação entre o mundo dos vivos e o mundo dos mortos. Por isso nos terreiros de Umbanda o primeiro canto é para Exu, pois assim eles podem evocar os espíritos mais altos.

Xintoísmo: O xintoísmo é o tipo de religião usada em países orientais, na realidade não passa de uma religião espírita, onde podem haver vários demônios, deuses e santos. Como é uma mistura de pequenas religiões fica meio difícil entender o que para eles é um endemoniamento, pois para eles os espíritos não precisam de um corpo humano para aparecer. Eles podem aparecer a qualquer momento em forma de Akuma (capetas ou demônios) ou Akuma-chan (capetinhas).

Os Orientais temem e respeitam muitas formas de vida e espírito acreditando assim que irão se livrar de maldições que esses espíritos poderiam lhe lançar. Existem reltos onde Monges recolhiam o corpo da pessoa e a subjugavam as mais diversas torturas até que o Akuma saísse do corpo da pessoa. 
Nos últimos anos, morreram duas pessoas no Japão enquanto eram exorcizadas com o método chamado Cascata D´água.

Muçulmanos: Acreditam em anjos caídos, mas nem todos são maus, porque possuem o livre-arbítrio. Alguns desobedecem a Deus e possuem o corpo de uma pessoa, tornando necessária a sua expulsão. no ritual, realizado num lugar calmo para que haja concentração, um xeque lê o Alcorão sobre a pessoa afetada e faz súplicas por ela.

Possessões


Possessão é o estado ou condição em que o corpo e (ou) a mente de um indivíduo são supostamente possuídos ou dominados por uma entidade (um ser, força, ou divindade) que lhes é externa, ou que não se manifesta habitualmente nas atividades da vida diária.
A possessão, considerada como experiência de natureza psicológica e social, pode ser verificada individual ou coletivamente, e ter caráter inesperado, ou estar submetida a algum tipo de controle ritual; em diversas sociedades e culturas, figura como episódio ou experiência central da vida religiosa. Podemos dividir, genericamente, as formas de possessão em quatro categorias.

Encosto
O espírito fica próximo à pessoa, mas a influência é pequena. Neste caso, banhos de água e sal ou orações como o Pai-Nosso ou o Credo, afastam este espírito inferior. Geralmente estes espíritos são de pessoas que desencarnaram e pertencem à família do possuído.

Espírito opressivo
O espírito tem a capacidade de "vampirizar" a energia do indivíduo. Os efeitos são sentidos como um cansaço ou vontade de chorar que podem cessar de um momento para outro. Indica-se neste caso, que se utilize um saquinho de cor vermelha, sempre junto ao corpo para neutralizar a presença deste espírito. Também os banho de água com sal, são benéficos neste caso. A leitura do salmo 23 é o mais indicado contra o espírito opressivo.

Obsessão
O espírito consegue ficar de maneira tão dominante no corpo astral do indivíduo que pode até mesmo mudar o modo de falar e fazer coisas que normalmente não faria no dia-a-dia. Chega até mesmo a não reconhecer parentes e pessoas próximas de seu convívio. É bom frisar que aqui no Brasil de acordo com o espiritismo ou nas religiões afro-brasileiras como a umbanda e candomblé, existem os fenômenos de possessão de espíritos doutrinadores e iluminados, trazendo ao médium apenas benefícios.

Possessão demoníaca
Neste caso, o espírito toma o corpo da pessoa, fazendo com que ocorram até fenômenos de "poltergeist" (conjunto de fenômenos produzidos espontaneamente, que consiste em ruídos e deslocamento de objetos, podendo ter duração indeterminada).
Exorcismos na história da Igreja

As curas e os exorcismos foram comuns na igreja primitiva. Com o reconhecimento oficial da Igreja sob o imperador Constantino, os exorcismos carismáticos, realizados informalmente por qualquer cristão, deram lugar à institucionalização da função do exorcista. O Rituale Romanumreuniu mais tarde, diversos ritos de exorcismos para situações variadas. Também as igrejas reformadas estabeleceram tais ritos.
O racionalismo do século XVIII conseguiu explicar muitos mistérios supostamente sobre-humanos, o que também sucedeu, de modo ainda mais intenso, com a descoberta do hipnotismo e da psicologia profunda no século XIX. A Igreja Católica, como também algumas denominações protestantes, admite os exorcismos ordinários, contidos no rito do batismo, como símbolo da libertação do pecado e do poder do demônio. Pratica-se o exorcismo ordinário na bênção da água batismal e na sagração dos santos óleos. Os exorcismos solenes, que têm por objetivo expulsar o demônio do corpo de um possuído, são práticas raríssimas e só confiadas, mediante permissão episcopal, à sacerdotes muito experientes.
O exorcismo católico inicia-se com a expressão latina "Adjure te, spiritus nequissime, per Deum omnipotentem" (eu te ordeno, espírito maligno, pelo Deus Todo-Poderoso). O processo pode ser longo e extenuante, chegando a se estender por vários dias. A possessão está associada ao mal. O processo de libertação é feito de forma dramática e violenta. Os exorcistas recorrem as preces, água-benta, defumadores, essências de rosas e arruda. O sal que é associado à pureza espiritual também é utilizado.
Porém, o cristianismo deste século tem uma atitude dividida em relação ao exorcismo. Por um lado, mantém distância de sua prática, atuando mais próximos a psiquiatras e médicos e autorizando estudos para esclarecer este fenômeno. Mesmo assim, a Igreja oculta os casos confirmados de possessão a prática dos rituais de expulsão. Ainda, o Papa João Paulo II declarou ter aplicado o exorcismo sob uma jovem, em 1982.
Um relatório sobre exorcismo foi compilado pela Igreja da Inglaterra, em 1972, por uma comissão que incluía represen- tantes católicos e um consultor psiquiatra. Apesar de pretender desbancar as possessões, acabou fortalecendo esta idéia quando relacionada à possessão de lugares: "a interferência demoníaca... é comum em lugares não consagrados... assim como em conexão com sessões espíritas".
Porém, este relatório considera exorcismos de pessoas extremamente duvidosos. À luz da Igreja moderna, aqueles que se julgarem possuídos, devem, prioritariamente, procurar a ajuda de um médico ou psicólogo. Recorrer a um sacerdote cristão é considerado último recurso.
O padre Gabrielle Amorth, diz ter realizado aproximadamente 50.000 exorcismos mas considera que somente 84 foram possessões autênticas. O sacerdote diz que os sintomas incluem força física sobre-humana, xenoglossia (a fala espontânea em língua que não foi previamente aprendida) e revelações de segredos sobre as pessoas.
O cânone dominicano Walker, de Brighton, que coordena o Grupo de Estudos do Exorcismo Cristão, lembra de somente sete casos genuínos durante sua vida religiosa: "Normalmente, tudo que é preciso são conselhos e rezas".


Como uma Pessoa fica Possuída?

Existem duas de uma pessoa ficar possuída: voluntariamente ou involuntariamente.


Possessão Voluntária: Uma pessoa pode estar possuída por que quis. Mas como assim Mateus? Simples. Ela vendeu sua alma para o capiroto para ter fama, dinheiro ou o que ela quiser! Você não fez isso, certo?

Não precisa ser tão direto assim para ficar possuído. Basta ter vícios ou cometer um pecado grave. Você bebê? Livros dizem que bebida e espíritos são como imãs. Fuma? Usa Drogas? Faz tudo isso de uma vez? Vixi... tá feia a coisa para o seu lado. Nesse caso você está possuído por entidades astrais, que grudam na sua aura e ficam sugando sua energia.

A comunicação com espíritos também abre portas para eles entrarem em você. Já fez a brincadeira do copo ou usou a Tábua Ouija? Tome cuidado, pois pode ser muito perigoso. Foi através da Tábua Ouija que a garota do filme O Exorcista ficou possuída.

Existem casos que pessoas que para provar sua fé em Deus, aceitam ser possuída. Foi o caso de 
Anneliese Michel que teria relatado  um sonho místico no qual  dialogara com a Virgem Maria. A mãe de Jesus teria proposto à jovem a seguinte escolha: liberar-se, em proveito próprio, do terrível jugo demoníaco, ou continuar imersa no doloroso martírio, mas em nome da fé cristã. A segunda alternativa seduziu a jovem estudante: ela seria um exemplo público de que os demônios existem e de que exercem os seus nefandos poderes no plano terrestre.
  
                               
 
Possessão Involuntária:  Quando a pessoa esta com baixo nível de vitalidade, ela torna-se mais vulnerável a possessão por parte de um entidade espiritual invasora. Isso pode ocorrer durante uma operação cirúrgica ou quando a pessoa esta inconsciente por causa de uma intoxicação ou ferimento grave. Nessas ocasiões, sua mente fica indefesa e não dispõe de energia suficiente para repelir a invasão de um entidade espiritual forte. Essa é uma possessão involuntária. Uma doença prolongada, na qual a pessoa chega a um estado de exaustão, pode permitir que uma entidade assuma o controle do corpo e da mente da pessoa, que simplesmente não tem força para repelir o intruso.

Sintomas

                                 

Quer saber se está possuído? Existem alguns sintomas que podem indicar um possessão.

Os 4 sintomas reconhecidos pela Igreja Católica: 
Para a Igreja Católica católica declarar que alguém está possuída, ela verifica se ele está com os quatro sintomas abaixo:

- Falar Línguas Estranhas
- Conhecer fatos inacessíveis
- Ter força descomunal
- Abominar tudo que é sagrado

Outros Sintomas:
Para outras religiões e em outros tempos, muitos outros sintomas indicam que você está sendo possuído, como:

- Não conseguir comer carne de cabra por 30 dias
- Sensação de frio no peito ou nos ombros; sensação de sufocamento.
- Palpitações cardíacas, especialmente nos dias de Lua Cheia (atenção, no entanto, para que não se trate de aumento de nervosismo)
- Sensações de picadas na nuca, no plexo solar, próximo do coração: as vezes sensações de queimadura.
- Dores lancinantes na cabeça, em certos períodos, especialmente a noite.
- Tornar-se surdo, mudo, lunático ou cego

A Ciência Explica

                                

Para a ciência não existe espíritos nem demônios, e todos os sintomas de um possuído podem ser explicados como doenças, em especial a Epilepsia, esquizofrenia ou transtorno dissociativo de identidade (nome moderno do distúrbio de personalidade múltipla).

Alguns dos sintomas de um possuído podem ser explicados como sendo:

- Sansonismo, que ocorre quando uma pessoa, em momento de tensão, consegue reunir todas as suas forças e ficar com força sobre-humana.

- Falar línguas desconhecidas é conhecido pela ciência como glossolalia. As pessoas guardam em seu subconsciente frases ditas em outras línguas e são essas frases, que ela nem sabia ou lembra que ouviu que "endemoniado" profere no exorcismo, muitas vezes de trás para frente.

- As caretas podem ser explicadas como um sintoma da doença de Huntington - um distúrbio cerebral que provoca movimento bruscos e frequentes e irregularidades do troco e de membros.

- Coprolalia é a compulsão por falar palavões.

Não podemos esquecer que algumas pessoas supostamente possuídas são realmente narcisistas ou sofrem de baixa auto-estima e agem como uma "pessoa possuída por um demônio" com o propósito de ganhar atenção.

Como realizar um exorcismo cristão ?

Muitos indivíduos e famílias preocupam-se com a possibilidade de possessão demoníaca - como sendo algo causado por poderes sobrenaturais maléficos - influenciando uma pessoa, objeto, habitação, veículo, etc. Mas, existem passos que podem ser seguidos para expulsar esses demônios. Este processo é chamado de exorcismo, no método cristão. Outras religiões ou crenças têm sua própria maneira de realizar um exorcismo.


1
Conheça os sintomas em caso de suspeita de uma possessão demoníaca.Alguns deles são: blasfêmea, um medo ou fobia repelente de qualquer símbolo cristão, tais como uma igreja, uma cruz, água benta, a bíblia sagrada, rosários, etc. -- além do fato de que alguns possuem uma força sobre-humana, falam em línguas demoníacas e se opõem ao nome de Jesus, do Espírito Santo, etc.

2
Conecte-se espiritualmente para obter o poder do Espírito Santo. Nem todos estão em posição para realizar um exorcismo. Se você não está conectado ao Espírito Santo, será preciso achar outras pessoas que estejam mais conectadas ao Espírito Santo e que possam fazer o exorcismo (por exemplo, um verdadeiro cristão) ou você mesmo pode buscar harmonizar-se com o Espírito Santo antes de proceder. Se você não está preenchido com o Espírito de Deus e ainda assim está tentando lidar com domônios, você está em uma posição perigosa.


3
Humilha-te. Para ser preenchido com o poder do Espírito Santo, você precisa primeiramente entender e aceitar que você não têm levado uma vida perfeita e que nenhum de nós está a altura das expectativas e exigências de Deus. Diga a seu filho Jesus que você mudou de idei e peça-lhe perdão por cada coisa que você já tenha feito de errado em toda a sua vida (até mesmo coisas das quais você já não se lembra). Estabeleça um compromisso firme para se afastar de tudo o que você tem feito de errado. Comprometa-se com Jesus, o qual é o único que poderá perdoar-lhe, lave-se em relação a seus erros e torne-se uma pessoa correta com Deus, o Pai. Agradeça-o por seu perdão, pois ele pagou um preço terrível para ser capaz de perdoá-lo. Perdoe aqueles que lhe magoaram. Isto pode ser difícil, mas diga as palavras "Eu lhe perdôo" para os que lhe ofendem, mesmo que você não tenha vontade de fazê-lo. Note: Se você o disser, mas não for sincero com isto, Jesus saberá, e mentir é um pecado pelo qual você deverá se desculpar (novamente).


4

Se você nunca foi batizado, seja batizado completamente imerso em água em nome de Deus como uma declaração pública na frente de outros.Convide o Espírito Santo a entrar em você. Aprenda sobre Ele através das palavras Dele na bíblia. Comprometa-se a viver uma vida agradável a Deus.

5

Abençoe a pessoa possuída com água benta. A água irá "queimar" o espírito malígno.

6

 Mostre à pessoa possuída o Santíssimo Sacramento. Isto irá repelir o espírito malígno, pois esta é a literal presença de Cristo, o Senhor.

7

Ame aos outros. Conecte-se a pelo menos mais um forte cristão. Agora que você passou pelo básico, você saberá se o Espírito vivendo em você e gerando Seu Fruto. Você começará a experimentar um sentimento maior de paz, amor, paciência, caridade, bondade, gentileza, humildade, honestidade, auto-controle, etc. Isto pode levar algum tempo para ser desenvolvido.

8

Se você possui o poder do Espírito de Deus vivendo em você, e se você conhece a Palavra, você está pronto para prosseguir.

9

Ordene que o demônio fique em silêncio em nome de Jesus. O demônio pode tentar falar bobagens e assustá-lo, mas o poder que viver em você é muito maior que o poder dos demônios.

10
Se você não tem certeza de que você possui o poder do Espírito vivendo em você, então, ao invés de ordenar ao demônio diretamente, é mais seguro pedir a Jesus que ordene ao espírito que ele se cale, ou saia, etc. "Jesus, eu lhe peço que expulse qualquer e todos os espíritos malígnos dentro, ao redor ou próximos de ________ (nome)". Se a pessoa possuída estiver disposta, então peça-a que comande o espírito a sair de si mesma, em nome de Jesus.

11
Utilizando o nome do(s) demônio(s), ordene-o que saia da vítima (pelo nome) em nome de Jesus! (ex: Asmodeus e Azazel, eu os ordeno em nome de Jesus Cristo que saiam do corpo de _______ (nome) agora!) Em alguns casos você pode ter problemas, mas seja muito firme e vá direto ao ponto com os demônios. Se você não souber os nomes, peça a Jesus que expulse todos e quaisquer espíritos malígnos de dentro da pessoa.
·         Para uma possessão material: A(s) coisa(s) que você suspeita que estejam possuídas precisam ser analisadas. Saiba de onde veio o item. Quem o possuía antes? Quem morou na casa? É um artefato religioso? Ele lhe faz sentir frio ou calafrios? Quando você encontrar o que está possuído você precisará determinar se você deve descartar o item ou expulsar o(s) demônio(s). Qualquer material religioso, artefato, ídolos, roupas, símbolos de morte, etc.., precisam ser descartados ou queimados imediatamente! Coisas como casas, carros, locais, etc.., precisam antes passar por uma busca interna por materiais religiosos. Após estar coisas serem encontradas e descartadas você poderá então santificar o material, coisa ou local.

12
Não faça isto sozinho. Você pode fazer isto sozinho, caso você seja muito forte em Espírito Divino, mas, preferivelmente, tenha irmãos e/ou irmãs cristãos com você.



13
Comece a adorar Deus. Rezando, louvando, cantando, dançando, ou de qualquer outra forma, contanto que você ore para ele. Isto aumenta o poder.
·         Quando você sentir a presença do Senhor os demônios já estarão temendo-o.



14
Corajosamente e em voz alta, coloque suas mãos em tudo o que deseja que seja santificado e reze sobre essas coisas. Exemplo: coloque suas mãos nos umbrais da porta de um quarto, seus livros, etc., e reze em voz alta: "Obrigado Senhor por sua santificação, em nome de Jesus, eu ordeno que todos os demônios saiam de uma vez, abençoo esses livros, em nome de Jesus Cristo", etc. Deixe que o Espírito Santo o guie.



15
Caso pareça que o demônio voltou ou nunca saiu, não se deixe enganar.É outro demônio, tentando levá-lo a duvidar de Jesus e ter medo.


16
Esteja ciente de que se a pessoa a ser libertada não entregar sua vida a Jesus, o(s) espírito(s) malígno(s) podem retornar e trazer amigos. O estado final da pessoa poderá ser inclusive pior do que o inicial. Encoraje a vítima, posteriormente, a comprometer-se com Deus. Mateus 12:43-45, "Quando um espírito imundo sai de um homem, passa por lugares áridos procurando descanso. Como não o encontra, diz: 'Voltarei para a casa de onde saí'. Chegando, encontra a casa desocupada, varrida e em ordem. Então vai e traz consigo outros sete espíritos piores do que ele, e, entrando, passam a viver ali. E o estado final daquele homem torna-se pior do que o primeiro. Assim acontecerá a esta geração perversa".



17
Existem vários pontos de entrada que dão aos demônios direitos legais de entrar e retornar a você. Aqui estão alguns deles pelos quais você deve rezar contra (caso aplicável à pessoa); falso orgulho/arrogância, sexo fora do casamento, pedofilia, materialismo, violência, artes marciais violentas, raiva, roubo, assassinato, aborto, vícios, luxúria, pornografia, entretenimento profano, misticismo, canalização, tábuas Ouija, adivinhação, rezar para a natureza ou ídolos, horóscopo, médiuns, sessões espíritas, juramentos, palavras injustas, auto-ódio, julgar os outros, ganância, calúnia, ressentimento, preguiça e também laços de alma injustos de antepassados. Tudo isto pode ser limpo com orações, o perdão de Jesus e o compromisso de se livrar de tudo isto. No caso de vitimização sexual (estupro/pedofilia), o perdão não é necessário para a vítima, mas uma quebra na alma pode merecer algumas orações.



18
Lembre-se que Jesus resistiu ao diabo três vezes com a palavra de Deus em Mateus 4:4,7,10 Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus... Então, em Lucas 4:13, ele mostra que o diabo partiu: "E, acabando o diabo toda a tentação, ausentou-se dele por algum tempo." Jesus foi tentado com pão (tentação direta contra o corpo), tentato com glória de todo o mundo (direta contra as posses e o medo da perda) e para saltar fora do templo (esta foi direcionada ao orgulho de Jesus que "Certamente, ele era o filho de Deus, portanto os anjos deveriam proteger Jesus"). Se nos mantivermos longe dos pecados de corpo, posse e de nós mesmos, o demônio não terá controle sobre nós. Efésios 4:27 "e não deem lugar ao Diabo.".
Dicas
·         Assistir os filmes do "Exorcista" não servirá como um guia válido para realizar seu exorcismo.
·         Realize o exorcismo em um grupo de ao menos 7 ou 8 pessoas. Você possui todo o poder de que precisa, mas na presença de muitas pessoas será mais provável que você se mantenha firme e não duvide de si mesmo.
·         Certifique-se de que a pessoa possuída não possua nada que possa ser possuído, tal como artigos ocultistas, apanhadores de sonho, bonecos de vodu, esculturas tribais em madeira, tábuas Ouija, materiais e livros sobre bruxaria satânica e escrituras profanas, etc.
·         Apenas tente um exorcismo se você não conseguir contatar um exorcista treinado e experiente.
·         Cantar, embora possa ser encorajador, pode ser muito perturbador ou mesmo uma distração para o indivíduo que está tentando realizar o exorcismo. Certifique-se de que todos os envolvidos entendem quando é apropriado cantar e não é. O canto deve ser cristão. Cantar levianamente pode confundir o demônio e levá-lo a acreditar que você é um aliado. Todos devem decidir o que e quando cantar antes do ato do exorcismo.
·         Alguns invocam os nomes da Virgem Maria, São Miguel e outros santos -- embora protestantes, em geral, não acreditem em intervenções de santos. Existem muitos exorcistas que podem lhe dizer que o Satanás e todos os demônios possuem mais medo do nome da Virgem Maria do que do nome de Jesus Cristo (Ela também é a "Rosa de Saron, Lírio do Vale"), visto que Ela é sua Santíssima Mãe e Ele NUNCA irá recusar seus pedidos de ajuda para uma alma que dela necessite.
Qualquer um pode fazer um exorcismo ?
De acordo com a igreja católica um sacerdote católico deve receber uma autorização. Essa resolução eclesiástica é complexa e exige provas. Sem isso, nenhum padre pode decidir expulsar o demônio.

FONTES :
http://www.spectrumgothic.com.br/ocultismo/exorcismo.htm
http://www.assombrado.com.br/2014/09/exorcismo-sintomas-como-fazer-casos.html
http://pt.wikihow.com/Realizar-um-Exorcis

Imagens Freak 39