'>

Novidades

1 2 3 4

18 de dezembro de 2014

As 7 Ligações Mais Perturbadoras A Policia



No Brasil o numero usado da Policia Militar para casos de emergência e o 190, esta central recebe mais de 900 mil ligações por dia no país, desde chamadas para casos como parto a casos de homicídio, entre outras situações. O 911 os Estados Unidos tem a mesma função do nosso 190 e o numero de ligações recebidas por lá chegam a ser maior talvez pelo fato de terem 116 milhões a mais de habitantes. Nesta matéria vamos ver um vídeo das ligações mais assustadoras recebidas pela Policia Americana, se você não tem estomago forte e um psicológico bom eu não recomendo que veja, segue abaixo o vídeo. 


12 de dezembro de 2014

Vídeos proibidos da WEB ( + 18 )

5 - Cooking Idol

Lembra que legal eram aqueles programas e teatrinhos com fantoches ?
Temos aqui um video que lembra essa fase da infância… Tirando o detalhe do cenário um tanto quanto bizarro e a boneca “oriental” parecer ter vida…

Chega de falar… Vejam o video. AAAAAAAAAAAAAA, não sigam a receita… não é legal


4 - The Suicide of God

Se um dia a medicina moderna inventar uma pílula que apague completamente um bloco isolado da sua memória (digamos, qualquer coisa que você tenha visto nos últimos 10 minutos), tenho certeza que Begotten terá ao menos uma parcela do crédito neste avanço científico.
Filmado em 1991, Begotten é um desses “filmes experimentais” de horror e conta a história de como a Mãe Natureza se auto-fecundou com o semen do cadáver de Deus, que havia acabado de se suicidar com uma lâmina de barbear. Um grupo de nômades sem rostos encontram a aberração que nasce dessa união satânica, e o matam. Em seguida, estupram a Mãe Natureza.
É isso aí. Uma pessoa neste planeta pensou nessa história, a escreveu, e arrumou os fundos necessários pra transformar essa visão do inferno num filme, submetendo a sua mente às insanidades que flagelam o cérebro dela.


3- Ritual Satânico 

Vídeo onde estudiosos da época ressuscitaram um cadáver utilizando de magia negra e satanismo

LINK : https://www.youtube.com/watch?v=8ZKS1X4wWZU

2 - Video super 8 ( 8 mm )

Vídeo de gravação 8mm ( super 8 ) de origem totalmente desconhecida, a pergunta mais curiosa a se fazer quem são essas pessoas e quem fez tal vídeo ?


1 - Exorcismo Real

"Não se sabe muito para essa filmagem, além de uma família de Lowa tinha o descoberto no sótão de sua casa recém-comprada. O marido foi o primeiro e único membro para ver o vídeo, se recusando a deixar o resto de sua família vê-lo. (Eu não o culpo!)"

Tirem suas próprias conclusões. Quem souber alguma pista da veracidade do vídeo, por favor, nos comunique.











10 de dezembro de 2014

A Velha da Janela ( Pesadelos )


A definição clássica de sonho é a de que se trata de um conjunto de imagens e idéias que se apresentam ao espírito durante o sono. Na antiguidade eles eram considerados como sendo mensagens enviadas do além ao homem, a fim de preveni-lo sobre determinados acontecimentos. Da mesma forma como os povos primitivos consideravam o sonho como a visita feita ao corpo vivo pela alma de outro corpo, ou pelas almas dos mortos, ainda hoje determinados segmentos sociais também mantém vivas certas crendices populares, como, por exemplo, a de que sonhar com os mortos constitui uma forma de adivinhar o futuro, uma vez que a alma dos falecidos dele teria conhecimento. 


Já o pesadelo é a opressão ou agitação durante o sono, provocada por sonhos aflitivos, uma situação incômoda que deu origem a lendas como a da Velha da Janela, por exemplo, definida como sendo uma senhora magra, definhada e feia que segundo a imaginação humana está sempre nas janelas nas madrugadas observando o seu sono. Por isso em muitas crenças dizem para não colocar a cama com a cabeceira sob a janela posição conhecida como a posição do morto, pois se fizer possivelmente a Velha da Janela ira te visitar na madrugada, mas as coisas ainda podem piorar, dizem que se por acaso você ver essa senhora, na manha seguinte será encontrada morto sem motivo aparente de agressão ou algo do tipo, dizem que geralmente os cadáveres morrem de ataque cardíaco devido ao susto. Conta-se, a respeito, que um boiadeiro deitou-se da forma dita, mas ao perceber que algo não estava normal fechou os olhos até que adormecesse mesmo com medo daquela criatura ali plantada por cima de si. As tentativas de se encontrar explicação para os pesadelos são antigas. 


Os índios brasileiros falavam de Jurupari, um ente estranho que visita os humanos durante o sono e os assusta com a visão de perigos horríveis, impedindo-os ao mesmo tempo de gritar por socorro. De Portugal se tem notícia do Fradinho da Mão Furada, que “tem na cabeça um barrete encarnado, escarrancha-se à vontade em cima das pessoas e a ele são atribuídos os grandes pesadelos, Só quando a pessoa acorda é que ele vai embora”, segundo revela J. Leite de Vasconcelos, em Tradições Populares de Portugal. E nas lembranças de praticamente todos os povos da Terra existe a referência sobre um gigante ou anão, homem ou mulher de face horrenda, que aproveitava o sono das pessoas para sentar-se sobre seu estomago, comprimindo-lhes o peito e dificultando sua respiração. Daí que em português e espanhol a palavra pesadelo deriva de peso, pesado, lembrando, talvez, o visitante noturno que traz consigo agonias que não se consegue explicar. A Velha da Janela, mito de origem desconhecida que ocorre em toda parte do mundo, é descrita de diferentes formas por autores que procuram explicá-la. Alguns duvidam de sua existência, mas os que já foram visitados e ainda estão vivos dizem que e uma sensação horrível e super desconfortável e que jamais querem passar por tal novamente.

Se copiar colocar devidos créditos, obrigado !

Ass: Glaucow M Freitas

5 de dezembro de 2014

A Lenda da Bloody Mary ( Como surgiu ? )




Bloody Mary (conhecida também como Maria Sangrenta, ou Bruxa do Espelho ) é uma lenda urbana que faz parte do folclore ocidental (e oriental, como visto em algumas produções do gênero cinematográfico).

''Chutar três vezes a privada e dizer três palavrões,''Chamar por Maria Sangrenta(Loira do Banheiro,Mulher do Algodão,Bruxa do Espelho,Maria Degolada...) de frente para o espelho'',  São estes entre outros ''rituais'' de invocação de nossa ilustre e simpática Mary.Creio que existam diversas versões desta lenda que aterroriza a imaginaçao das crianças de todo mundo,porém nem todos conhecem a possivel origem.

A lenda de Bloody Mary também é conhecida por lenda da Mary Worth ou Mary Whales. No Brasil a história foi traduzida para a Lenda da Maria Sangrenta ou então da Bruxa do Espelho, Maria Degolada ou até mesmo Loira do banheiro, porém a o ritual para invocá-la permanece o mesmo: a lenda nos diz que há uma maldição para aqueles que pronunciarem o nome Bloody Mary três vezes na frente do espelho, depois de feito isso aparecerá uma mulher horripilante que irá matá-lo, desfigurar seu rosto ou arrancar seus olhos.

                                        
Uma das versões para a origem da Lenda de Bloody Mary conta que a mulher viveu no tempo da inquisição quando as bruxas eram perseguidas para serem queimadas vivas, e desta forma ocorreu sua morte. Dizem que ela amaldiçoou a todos que repetissem seu nome. 


Outra lenda, mais contada aqui no Brasil, diz que Mary era uma mulher muito bonita e que devido a um acidente de carro ficou com o rosto todo desfigurado. As suas cicatrizes ficaram tão feias que a mulher era objeto constante de zombarias e humilhações, por isso ela fez um pacto com o demo para se vingar de todas as pessoas que ousassem a chamar pelo seu nome. 


A origem da lenda de Bloody Mary é frequentemente confundida com Maria I da Inglaterra e Elizabeth Bathory, que é considerada uma versão feminina da lenda de Vlad , o empalador (aquele mesmo que inspirou o personagem Conde Drácula). Em 1978, o escritor Janet Langlois publicou um livro intitulado “Mary Whales: Eu acredito em você”, neste ensaio o escritor tentou explicar a lenda urbana que naquela época já era conhecida.
O livro era baseado em versões de pessoas que teriam testemunhado a aparição de Mary. Em outra versão desta lenda urbana, contam que uma criança disse o nome de Mary 47 vezes na frente do espelho até que uma mulher saiu de lá com uma faca na mão e uma verruga enorme no nariz. 


Simon J. Bronner publicou um livro em 1988 intitulado “Rituais Mary Worth”, onde ele conta uma versão diferente da origem de Mary que aparentemente seria uma mulher assassinada em uma floresta atrás de uma escola, segundo este livro , para chamar Mary é necessário furar um dos dedos com um alfinete e depois , de olhos fechados, deve se pronunciar por 10 vezes a frase “eu acredito em Bloody Mary”, e quando os olhos forem abertos poderá ser visto uma menina no espelho com cabelos longos, pele pálida e um corte em seu rosto. A explicação para ter que chamar Bloody Mary na frente de um espelho deve –se ao fato de que no mundo espiritual, acredita-se que os espelhos são uma espécie de portal entre o mundo dos espíritos e o nosso.

Espelhos: A Lenda pode ser Real!

A lenda diz que se evoca Bloody Mary usando um espelho. Ele é a chave para a evocação poder dar certo, pois para muitos estudiosos, os espelhos são uma espécie de portal entre o mundo dos espíritos e o nosso.

Já publiquei aqui no blog um post chamado "Como Abrir Portais" e no ritual ensinado nele, é usado um espelho.
Faça sua experiência e veja se consegue ver algo através do espelho:

De frente para o espelho, fixe sua visão
num ponto imaginário entre seus olhos.
Material necessário:
- Um espelho médio 

- Uma vela, fósforos e pires / lanterna fraca
- Ambiente escuro ou meia luz.

Em um ambiente escuro acenda um a vela sobre o pires ou prato (faça isso longe de objetos inflamáveis).
Fique a uma distância de aproximadamente uns 40cm do espelho (em pé ou sentado). Coloque a vela a sua direita (ou no chão), um pouco afastado e de modo que ilumine sutilmente sua face. Fixe sua visão em um ponto imaginário entre seus olhos. Evite piscar, fique com os olhos aberto.

Resultados:
Seus olhos ficarão cansados. Neste ponto da experiência, um portal se abrirá atrás de seu reflexo. Importante não desvie sua atenção, fixe no ponto entre seus olhos observe a totalidade do espelho apenas com a sua visão periférica.

O que você poderá ver, entre outras coisas:
- Um mundo estranho se formando atrás de você...
- Seu rosto se transformará em outro...
- Seu rosto poderá perder a pele mostrando os ossos...
- Um ser estranho poderá surgir no espelho, um vulto poderá aparecer

A experiência poderá ser repetida em outros cômodos da casa e em cada cômodo uma visão diferente poderá surgir no espelho.


Bloody Mary na Mídia

Filmes e séries já falaram da lenda da Bloody Mary. O episódio 05 da 1ª temporada da famosa sérieSupernatural se chama Bloody Mary e como você já deve ter sacado, fala sobre a Bloody Mary


.

O Misterio de Candyman

Um filme a explorar a lenda de espelhos foi O Mistério de Candyman (1992). Sinopse:Uma estudante decide provar que Candyman, um terrível espírito escravo, não existe. Ela, então, segue para o local de um crime brutal e o invoca - após pronunciar o nome dele cinco vezes diante de um espelho. Para sua surpresa, ele surge iniciando uma série de horríveis assassinatos.

Lenda Urbana 3 – A Vingança de Mary

                         

Em 2005 o lançaram o filme Lenda Urbana 3 - A Vingança de Mary (no original em inglês, Urban Legends: Bloody Mary). Sinopse: Em uma noite de formatura, um trio de amigas de colégio recitam um encantamento, libertando um mal espírito do passado com consequências mortais. Naquela mesma noite, as garotas são raptadas por uma gangue da escola. Depois de resgatadas, seus molestadores recebem suas justas punições, morrendo um a um em uma reação em cadeia de crimes horripilantes, cada um com algum estilo de Lenda Urbana. Isso tudo não passa de uma brincadeira de mau gosto de colégio levada ao extremo ou será que a vingança de Mary está atacando novamente?

O Jogo Dos Espelhos


Em 2006 foi lançado o filme "O Jogo dos Espelhos" (Bloody Mary em inglês). Sinopse: Tarde da noite, nos corredores de um hospital psiquiátrico, um grupo de lindas enfermeiras conduzem um ritual de magia negra quando as coisas saem do controle e uma delas acaba morrendo na escuridão do hospício. Uma novelista best selling, Natalie Fitzgerarld volta para casa quando sua irmã misteriosa desaparece. Mal sabe ela, que a jovem entrou no poderoso "Jogo do Espelho" e nada pode detê-las deste ritual. Preparem-se O Jogo do Espelho vai começar

A Lenda de Bloody Mary



Em 2008 foi a vez de lançarem o filme A Lenda de Bloody Mary (original em inglês:The Legend Of Bloody Mary). Sinopse: Ryan é atormentado por pesadelos desde a noite que sua irmã, após acessar um site na internet que ensinava como invocar o espírito de Bloody Mary, desapareceu misteriosamente. Agora, anos depois, sua namorada não aguenta mais ver o sofrimento de Ryan e pede ajuda para um antigo professor do rapaz. Padre O’Neal, além de professor e padre é também arqueólogo e decide ajudar Ryan, investigando o que aconteceu naquela fatídica noite e descobrir, de uma vez por todas, a verdade sobre a lenda de Bloody Mary.
Existem outros filmes, como o Mary Mary Bloody Mary e o terror porno Bloody Mary 3D!

1 de dezembro de 2014

O Mistério de Matos



Era apenas mais um dia comum de Domingo tedioso e um tanto quanto estranho assim como qualquer outro dia de Domingo, aquela sensação de que algo podia acontecer a qualquer momento ou mesmo aquela que nada aconteceria nunca faziam o seus papeis. Alan trabalhava em uma lanchonete de hambúrgueres a 60 km de sua cidade, ele contava nos dedos para ver o relógio marcar 00H00MIN que era quando largava o serviço e ia para casa para sua segunda-feira de folga. O dia foi calmo e tranqüilo, sem novidades, ou melhor, o movimento esperado era grande, porém aquele dia nada aconteceu de interessante, tinha sido mais um Domingo tedioso como todos os demais. Na hora de ir embora Alan se despediu de seus companheiros de serviço e pegou sua moto. A noite estava fria e parecia que uma chuva cairia a qualquer instante pelo nublado do céu, no meio da estrada o pneu da moto de Alan furou, com sorte encontrou uma borracharia em um posto de gasolina onde aproveitou para abastecer e colocar sua capa de chuva. O relógio marcava 00H45MIN quando a sua moto estava liberada, o rapaz queria apenas chegar a sua casa, pagou o borracheiro e acelerou estrada a fora a fim de chegar o quanto antes. A estrada estava vazia, o que não era normal para um fim de Domingo, a chuva começou a cair e aumentava gradualmente em todos os km percorrido, uma van aproximou de sua traseira rapidamente, parecia querer ultrapassar, Alan foi para o acostamento após dar seta a van entrou em seu espaço e ficou parelha com ele por alguns segundos o suficiente para que ele visse algo bizarro, a van estava carregada de corpos, sim eu disse corpos , não eram pessoas vivas e sim corpos mortos, uns ate mesmo decapitados , Alan perdeu o controle de sua moto por alguns instantes e quase caiu, demorou  alguns segundos para voltar a si, deixou a van seguir e seguiu a 60 km ainda atônito depois do que viu, tentou ver a placa porem esta estava tampada com uma tinta preta como se estivessem escondendo algo muito errado. Ao chegar a sua casa foi para o banheiro e tomou seu banho, tentou ligar a policia porem sem sucesso de contato algo muito estranho estava acontecendo podia sentir, sem fome e ainda enjoado com a cena foi dormir após tomar dois comprimidos de calmante. Os dias passaram e aquela lembrança apesar de antiga ainda fazia parte de suas recordações, alias nunca sairia de sua mente. Certo dia em sua casa ligou a televisão onde se deparou com a seguinte noticia “Van foi encontrada em ribanceira, nenhum corpo foi encontrado, uma van que seguia sentido Matos foi encontrada capotada em uma ribanceira na rodovia 453 próximo a ponte grande...” Alan não podia acreditar no que estava vendo, a van que passara por ele estava ali naquele local capotada, o que mais lhe perturbava e martelava sua cabeça era onde se encontravam os corpos. Até hoje ninguém sabe o que realmente aconteceu com a van e de onde essa veio, nenhum corpo foi encontrado até os dias atuais e a van foi levada ao ferro velho onde foi sucateada. Alguns moradores da região rural próxima a Matos começaram a reclamaram com as autoridades dias após o ocorrido que seus animais estavam desaparecendo, outros eram encontrados mutilados, como se algum animal os tivessem atacado. Um senhor de 56 anos disse que quando seguia para trabalhar em sua lavoura avistou de longe uma pessoa com marcas de sangue pela roupa e que esta quando a chamou esta correu como um animal e desapareceu em meio a mata.

Se copiar colocar devidos créditos , obrigado!

Ass : Glaucow Maciel Freitas 

27 de novembro de 2014

Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse



Os Quatro Cavaleiros são personagens descritos na terceira visão profética do Apóstolo João no livro bíblico de Revelação ou Apocalipse.

Após contemplar toda a estrutura da organização celestial de Deus, João vê em sua mão direita um rolo com sete selos. Em seguida Jesus Cristo tira o rolo da mão direita daquele que está assentado sobre o trono. Os cavaleiros começam sua cavalgadura por ocasião da abertura do primeiro desses sete selos e a cada selo aberto um cavaleiro aparece no total de quatro.

Quem os chama são quatro querubins que estão em volta do trono, em cada um dos seus lados.
Cada um dos querubins possui um rosto diferente e representa alguma coisa.


A Peste

O primeiro querubim possui rosto de leão e é símbolo de justiça e poder e libera ao mundo o cavaleiro da peste que possui um cavalo branco – sinal de pureza e santidade – e que possui em sua posse um arco e uma coroa – que são símbolos de guerra e de poder.


A Guerra

O segundo querubim com face de touro, representa a força e libera o cavaleiro da Guerra, aquele que monta o cavalo vermelho – que representa o sangue e os assassinatos – e que carrega uma espada em suas mãos, também símbolo de assassinato.


A Fome

O terceiro querubim é semelhante ao homem, e expressa a característica mais marcante de Deus, já que o homem é semelhante a Ele: o amor e libera ao mundo o cavaleiro da fome que monta um cavalo preto que representa a peste e a maldição e possui em suas mãos uma balança, símbolo, nesse caso, da desigualdade.


A Morte

O último querubim tem um rosto que se parece com uma águia e representa a sabedoria e libera ao mundo o cavaleiro da morte, sendo que seu cavalo de cor opaca representa a decomposição e a jarra que traz em suas mãos, a pestilência.




24 de novembro de 2014

Os Quadros das Crianças




Anne chegou à cidade de Milwaukee – Wisconsin no ano de 2010, o seu objetivo era simples recomeçar do zero. Após o termino do casamento que durou 10 anos queria recomeçar e reencontrar seu caminho em uma cidade longe da Geórgia onde viveu maus bocados com seu ex marido. A casa para onde havia se mudado era pequena, porém confortável suficiente para ela morar bem, cansada pela mudança Anne foi arrumando as coisas devagar e assim ia se adaptando a casa, os seus vizinhos foram super receptíveis e a receberam muito bem na vizinhança. A primeira noite foi tranqüila e graças a Mary sua nova vizinha que a trousse comida, tinha hambúrgueres frescos para o jantar, e Anne se poupou de comer congelados. Na madrugada escutou alguns barulhos no sótão, chiados e coisas batendo, imaginou então problemas com ratos ou ate mesmo outros animais. Assim que acordou na manhã seguinte estava decidido, iria arrumar tudo, subiu ao sótão para armar armadilhas para os malditos ratos, o cheiro de mofo fez com que sua alergia atacasse e em uma crise de espirros tropeçou em dois quadros pintados em cada qual uma criança, em um havia um garotinho e no outro uma garotinha, apaixonada pelos quadros resolveu os pendurar na sala como decoração. A noite chegou e Anne preparou seu jantar, estava comendo e assistindo TV quando escutou passos vindos da sala, alerta foi checar o que se tratava e nada encontrou, assim que virou as costas teve a sensação que algo havia passado próximo de si, aquilo arrepiou os pelos de seu corpo e a fez sentir uma pontada de desespero seguiu ate a cozinha onde continuou a comer. Após o jantar, exausta pela arrumação foi descansar, deitou em sua cama e adormeceu , acordou na madrugada porem não eram barulhos no sótão e sim um choro um tanto quanto estranho que parecia vir de sua sala, deixou de lado pensando ser coisas de sua imaginação, porem após algum tempo escutou novamente o choro que parecia mais próximo e nítido, aquilo fez Anne levantar de sua cama, porem o choro parou, pensou então que poderia ser o filho de Mary e deixou de lado. Ao acordar após se ajeitar foi ate a cozinha preparou seu café e sentou em frente à TV para comer, algo chamou sua atenção nos quadros, ela percebeu que as crianças neles pintadas estavam com feições diferentes de dois dias atrás, estas pareciam tristes e quase se podia notar algumas lagrimas escorrendo de seus rostos, tentou ignorar aquilo apesar de um tanto quanto esquisito , pensou consigo mesma “não vou deixar minha mente me pregar peça, isso e apenas fruto de minha imaginação”. Saiu de sua casa para seu primeiro dia de emprego em uma loja de telemarketing, o dia foi tranqüilo e sem novidades, mas não conseguia tirar os quadros e o misterioso choro na madrugada, pensou consigo que seria tudo muito estranho e muita coincidência. No final do expediente passou no mercado para fazer umas comprinhas, o relógio marcava 10H quando chegou a sua casa, antes de entrar notou que a luz da sala estava acessa , mas como podia pensou consigo ,sendo que havia apagado todas antes de sair, entrou pé por pé em casa e vasculhou tudo e ate pensou em chamar a policia, porem tudo estava em ordem, olhou para os quadros que naquele instante já a incomodava, os pegou e virou para frente à parede tirando os rostos agora tristes das crianças pintadas de suas vistas iria se livrar deles no dia seguinte. No banheiro se despiu e começou a tomar banho, escutou novamente o misterioso choro, só que este era diferente, era agonizante e pareciam vir de dois locais diferentes, saiu do banheiro ainda enrolada na toalha só que nada encontrou, se vestiu e foi dormir. Acordou de madrugada com barulhos vindo da sala, neste instante Anne estava assustada e sentia algo muito ruim no ambiente onde estava, levantou com medo, cansada e irritada foi ate a sala e viu vultos no corredor que seguiu ao seu quarto a deixando paralisada, uma risada infantil ecoou de seu quarto, Anne desesperada fez contato com a policia dizendo que algo não estava certo em sua casa, alguém alem dela estava presente, a policia chegou minutos depois e nada encontrou após vasculhar a residência, Anne recebeu o telefone de um dos policiais que disse para se manter calma, que poderia ser o cansaço gerado pela mudança, se despediu e foi ate seu quarto tentar dormir após alguns calmantes. O relógio despertou, eram 8H da manha e Anne tinha de ir trabalhar, assim que chegou a sala não acreditou no que via, a sala estava totalmente revirada como se um furacão tivesse passado por ali, mas o que a deixou horrorizada foram os quadros, estes estavam virados para frente e as imagens das crianças que antes ali estavam não se encontravam, a única coisa que se podia ver eram em cada qual uma silhueta e uma sombra, o que aconteceu naquela casa ate hoje e um mistério, a origem dos quadros ninguém sabe, Anne hoje mora em outra casa no mesmo estado e ate hoje não se recuperou do fato ocorrido.


Ass : Glaucow M Freitas
Se copiar colocar devidos créditos , obrigado !

21 de novembro de 2014

A Tragedia do Cine Oberdan



Inicio do século XX, mais precisamente final da década de 1920, corria o ano de 1927 quando foi inaugurado pelos irmãos Taddeo da Sociedade Italiana Leale Oberdan, o mais luxuoso cine theatro de São Paulo, o “Cine Theatro Oberdan”, que logo passou a ser chamado somente de Cine Oberdan. O nome Oberdan é uma homenagem dada a Guglielmo Oberdan, um famoso anarquista italiano cujo camafeu com seu rosto pode ainda ser encontrado na fachada lateral do prédio. Localizado a altura do número 95 na rua Ministro Firmino Whitaker (antiga Chavantes, número 07) em junção com a Saião Lobato no bairro do Brás, o cinema destacava-se em meio às demais construções de sua época por sua imponência e luxo. Com seu enorme interior (mais de 1.200 lugares) repleto de grandes estatuas, o teto todo ornamentado em azulejos vindos de Portugal e com suas escadarias ostensivas, o Cine Theatro vivia lotado da mais alta sociedade paulista, tanto em suas sessões noturnas quanto nas vesperais. Mesmo com concorrentes a altura, como o notável Cine Metro, o Oberdan reinava absoluto entre os maiores cinemas de São Paulo, reinado esse que foi ocasionalmente prejudicado depois de uma enorme tragédia ocorrida em 1938, onze anos após sua inauguração.

"O Cine Theatro Oberdan no inicio dos anos 1930"

Domingo, 10 de abril de 1938, era pouco mais de 15:00 horas quando iniciava a vesperal do Cine Oberdan; o espetáculo trazia além dos seriados Agente Secreto X-9 e Ameaças da Selva, que eram as grandes sensações da criançada, os filmes Astúcia Contra a Força e a grande atração Criminosos do Ar, de Charles C. Coleman. Completamente lotado, 1.200 ingressos foram vendidos, sendo a maior parte deles destinados a petizada. Talvez o que para muitos ali presentes significava mais um final de semana trivial, para outros era uma novidade estar adentrando pela primeira vez naquele magnificente “Theatro”. O mais triste porém, é saber que para mais de 30 pessoas aquela estava sendo definitivamente a última sessão de cinema.
" Em estreia Criminosos do Ar de Charles C.Coleman"

Mais o que aconteceu afinal? Qual foi a tragédia que destruiu famílias e manchou definitivamente a fama e a ostentação do majestoso cinema? Pois bem, segundo consta, existem duas versões que explicam o confrangedor incidente. A primeira delas diz que próximo do final do filme em uma determinada cena onde dois aviões se chocam ocasionando uma explosão, em meio ao barulho e a ação do filme ouve-se na platéia gritos de fogo!! fogo!! Nesse momento, o público diante de grande temor, imaginando que se tratava de um incêndio, parte em disparada rumo às saídas (que não eram mais que duas, já que na época não havia a preocupação em se ter saídas de emergências) que se davam através das ostensivas escadas. O pânico e o desespero que tomou conta das crianças e adultos fizeram com que a cordialidade e o cavalheirismo desaparecessem e em um verdadeiro ato de salve-se quem puder iniciou-se uma triste e fatal cena. 

"Uma rara foto interna comprova o tamanho do local"

Atropeladas enquanto a multidão freneticamente corria de algo que não existia, diversas crianças eram pisoteadas e lançadas escadas abaixo resultando em pouquíssimos minutos um verdadeiro massacre. Até tomarem conta de que não havia incêndio algum a loucura já estava feita e somente com a chegada do socorro pode-se perceber o tamanho da desgraça. O chão do majestoso Hall de entrada do Cine Theatro Oberdan encontrava-se abarrotado de sangue e cadáveres; cerca de 30 crianças e uma única mulher adulta que morreu pisoteada quando na tentativa de salvar seu pequeno bebe deitou-se no chão cobrindo-o com os braços.

"As apertadas escadas de acesso as saídas e os vestígios de desespero"

" Vestígios de desespero "

"Crianças mortas no local"

O chefe de policia da época, o Sr. Brasiliense Carneiro assim que constatou a seriedade da ocorrência tratou de pedir a urgente remoção das vitimas e feridos do lugar encaminhando-os respectivamente para o necrotério do Araçá (no cemitério da Quarta Parada) e para a santa casa de São Paulo. Em seguida, fechou até segunda ordem o cinema para a realização da pericia. O impacto da tragédia foi de tão grande repercussão que sensibilizou toda a capital. Os jornais Folha da Manhã, Folha da Noite (atual Folha de São Paulo), Estado de São Paulo e Correio Paulistano deram completa cobertura a tragédia levando a população detalhes minuciosos do ocorrido.

" Mesmo dias após a tragédia as noticias repercutiam "

Jornal " Folha da noite " do dia 11 de abril de 1983 noticia a tragédia"

Jornal " Correio Paulistano " de 12 de abril de 1983

" Notas de jornais dando como fechado o Cine temporariamente "

A pericia realizada no interior do prédio e os relatos dos sobreviventes que presenciaram o fato levaram a policia técnica a chegar a uma outra versão sobre o que realmente aconteceu naquele fim de tarde. Essa, portanto ficou definida como sendo a versão verdadeira do incidente: Um menino que se encontrava na platéia sentindo fortes dores de barriga tenta o auxilio de um lanterninha para se dirigir até o banheiro, não encontrando nenhum, ele segue sozinho até o mesmo. Sem ter tempo de chegar, ele acaba por fazer parte de suas necessidades no caminho, e ao encontrar-se nos sanitários, para sua surpresa, as luzes estavam desligadas. Não tendo como se limpar no escuro o menino decide atear fogo em um pequeno pedaço de jornal, e estando com a porta entreaberta, desperta nesse momento a atenção de alguém que imediatamente diante das pequenas chamas alarma o incêndio.
" O banheiro onde foram encontrada as provas do relato"

" A bermuda do petiz confirma os fatos"

Diversas famílias foram arrasadas diante da triste situação. Alguns pais nunca se conformaram em perder de maneira tão brusca seus pequenos filhos. Conta-se que uma mãe lamentou até seus últimos dias de vida (no inicio dos anos 80) o fato de ter contrariado o filho Enrico Mandorino que desejava ir ao Jóquei Club da Mooca naquela tarde, e ela não permitindo, sugeriu que o mesmo sossegasse passando à tarde na vesperal do cinema. Outro caso mais triste ainda foi o dos Pricolli que perderam dois filhos na tragédia, os pequenos Walter Pricolli de 12 anos e Pedro Pricolli de 8. O poder público do estado ao notar que grande parte das famílias não se encontrava em condições financeiras de realizar o funeral de seus entes queridos, decide pagar todas as despesas e fazer a última homenagem de forma coletiva. Nesse triste dia a associação comercial juntamente com a federação das indústrias e os sindicatos dos empregados de São Paulo decidem decretar luto oficial, parando completamente a cidade. A multidão que acompanhou as exéquias, segundo relatos dos jornais, foi gigantesca, todos se encontravam destroçados diante do horrendo acontecimento. 

 O desespero toma conta de familiares no local

Minutos após a tragedia do aglomerado de curiosos

Em meio a confusão estacionam os carros funerários


Moça se despede do suposto irmão morto

No necrotério do Araçá corpos são reconhecidos

Pai se despede de seu filho

As vitimas do necrotério de Araçá

O trágico resultado do frenesi ocasionado por nada

Assustados, três dos sobreviventes recebem jornalistas ainda em hospitais

Funeral de algumas vitimas 

Reportagem do Coreio Paulistano, momento feliz de alta de José Musico com seu pai

Triste caso de Carmino Pricoli que perdeu dois filhos

O Cine Theatro Oberdan ficou fechado somente 03 dias depois do incidente, pois conforme observamos nesse anúncio abaixo, extraído do jornal Folha da Manhã do dia 12 de abril, então uma terça feira, ele anunciava sua reabertura para próxima quinta dia 14 exibindo o filme “Vida, Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo”, possivelmente em função das comemorações de Páscoa.

Jornal folha de SP da manhã de 12 de abril de1938

Mesmo estando novamente em funcionamento, nunca mais o cinema foi o mesmo, e sua popularidade diminuía consideravelmente com o passar dos anos. A pompa e o glamour de outrora não mais existia, restavam somente as tristes lembranças daquela fatídica tarde. Em meio altos e baixos as portas do Cine Theatro Oberdan fecharam-se definitivamente em meados dos anos 60 e o prédio caiu em um profundo e silencioso esquecimento. Nos anos setenta, mediante a ótima localização comercial, a edificação é vendida para a empresa de roupas de cama, mesa e banho “Lojas Zelo”, que decidiu preservar (pelo menos externamente) a estrutura original da construção. Hoje, o antigo Cine Theatro Oberdan, que no passado ostentou tantas diversões e infelizmente uma grande tragédia, permanece lá passando despercebido entre a multidão que sem saber de seu passado o considera apenas mais um imóvel antigo de São Paulo.

" Hoje o local funciona com a mesma arquitetura um prédio da fabrica Zelo "


FONTE :
Agradeço imensamente a minha fonte; Douglas Nascimento e sua perfeita matéria publicada em seu perfeito site: São Paulo Antiga, (www.saopauloantiga.com.br) Não deixem de visitar.
Para maiores informações sobre esse incidente visite também o arquivo digitalizado dos Jornais Folha da Manhã e Folha da Noite filtrando a pesquisa pela data do ocorrido, para facilitar siga o seguinte link que já te levara a principal matéria: http://acervo.folha.com.br/fdm/1938/04/12/145
http://ocinemaantigo.blogspot.com.br/2012/04/triste-vesperal-do-cine-oberdan.html









Imagens Freak 34